*

Amor,traição e ameaça de morte no zoológico.


















Um caso de traição fez os funcionários do
zoo se mobilizarem para salvar a vida de
um macaquinho.


Uma história divertida agitou o zoológico
de Salvador.
Um caso de traição fez os funcionários se
mobilizarem para salvar a vida de um
conquistador no caso, um macaquinho.
Amor,traição,vingança.
Nos papéis principais dessa novela do mundo
animal estão o jovem,forte e sedutor Carlos
Alberto; a bela primeira dama do cercado,
Kika;e o experiente e traído líder do grupo,
Rato.
Tudo começou quando Carlos Alberto colocou
os olhos e as patas em Kika.
Não bastasse a ousadia de cobiçar a mulher
do chefe, o macaco,se achando,decidiu
também tomar o poder.
Só que a rebelião foi sufocada;a traição,
descoberta;e Carlos Alberto, condenado.
Kika ainda apareceu grávida do agora
inimigo número um.
“Eu vi a hora que Kika estava copulando
com Carlos Alberto.Rato estava "cochilando”,
testemunhou Arivaldo Jesus,funcionário do
zoológico.
O chefe vacilou,mas,diante da evidência,
Carlos Alberto recebeu a pena máxima dos
macacos:a morte.

Com a vida em risco, Carlos Alberto foi
transferido de ambiente.Desde então,vive
no exílio,olhando de longe a amada.
Kika, felizmente,foi perdoada por Rato,
que,num ato de nobreza,ainda assumiu o
bebê,batizado carinhosamente de Carlinhos
Júnior.

“Foi um ato de bastante nobreza e desprendi-
mento a aceitação desse filhote. E faz-me
lembrar aquele ditado que na verdade o pai
é o que cria”,falou o veterinário Vinicius
Dantas.

Mas que ninguém se engane.Esperto e traído
uma vez,Rato agora não tira mais os olhos
nem as patas de Kika.
Texto do G1.


















> Mais uma estória de triangulo amoroso.
Só que desta feita entre irracionais.
Mas será que são mesmo irracionais?
Que diremos dos racionais ?
Triângulos(*) estão presentes, desde os
primórdios da história deste lindo
planeta.
Nem vou recuar à Grécia antiga, Roma,
côrtes imperiais,palácios,senados e
câmaras altas e baixas, não importa os
países.

-Vamos escrever um pouco mais sobre o
triângulo.O logo do vidanova
nasceu de intuições e meditações ao
longo dos últimos anos.Trata-se de
vários símbolos bem conhecidos, que
foram agrupados em disposição harmoniosa
e de fácil entendimento.
Para a perfeita compreensão precisamos
ter em mente que o triângulo representa a
Trindade,a Vontade Divina, o Corpo - Mente
- Espírito.Segundo o Dr.Edward Bach (Criador
da Terapia Floral) a Compaixão-Simplicidade-
Humildade.

-A linha na vertical representa o tempo
(o eterno agora), o movimento da luz que
percorre o caminho do masculino, do
feminino e a linha do tempo na sua subida
em direção ao ponto mais alto,à iluminação
que finalmente atingida, espalha sobre o
Todo a luz do Amor,da Verdade e da
Sabedoria.
Os três lados do triângulo também podem
representar os 3 pilares que compõem as
bases da personalidade humana.

-Feita a exposição,que destaca a
personalidade humana,verificamos que o
triângulo é um dos elementos mais
conhecidos nos relacionamentos.
Cantado em prosa e verso,em muitas vozes
vários ritmos, principalmente em musicas
brega e forró,inclusive nas tradicionais
musicas juninas.
Nas rodas, o triângulo é o mais comentado,
não importa se masculinas ou femininas.
Papo imperdível.Nos butequins,supera
longe o futebol.
Quem não conhece, ou fez parte de um
caso “triangular” ?
Quantos triângulos são desfeitos,alguns
de forma curiosa e até folclórica.
Mas me parece que este triângulo não
prosperou por uma questão de manter a
liderança,não perder o cargo,continuar
a ser o chefão, o tal,e muito menos por
ciúme.
Afinal o Rato tem domínio sobre o seu
bando onde as quatro fêmeas lhe pertence.

-O coitado do Carlos Alberto,se rebelou,
creio com justa razão.
Chega de dominantes,ditadores absolutistas.
Queremos fêmeas para todo o bando,deve ter
guinchado o Carlão.
Por outro lado o chefão dominante,conjuga
por outro prisma: morte ao usurpador!

-Não querendo interferir na vida social
dos primatas,me parece que está na hora
de democratizar o sistema.
Mas nada de se perpetuar no mando.
Nada de dois ou três mandatos.Tem que que
ser democrata no poder e na oposição.
Nada de mudar de lado quando estiver no
poder.
Assim não vai dar certo.Pois o bando pode
se rebelar.
E sem essa de dar preferência a certos
afilhados,protegidos, familiares e etc.,
pois estes poderão comprometer o mandato,
praticando corrupção, desmandos,gastanças
e outras modalidades sem ética.
Aí só vai comprometer o chefão do bando.
Depois não adianta dizer que eu não sabia
de nada...
Mas vai que cola.Será um sinal que o líder
é muito esperto ou o bando é muito burro.
Então é só correr para o abraço,pois está
tudo dominado.

Aqui não foi diferente entre o “chefão”
Rato, sua preferida Kika e o Ricardão
ou melhor seu subalterno Carlos Alberto.
Mas o Rato deu uma lição de desprendi-
mento e nobreza, sem duvida.
E segue líder, porém politicamente
incorreto.O bando, bem o bando continua
dominado,mais para cordeiros do que
para macacos.



















(*) O triângulo é um símbolo perfeito
afirmam os esotéricos e maçons.